Nossa Localização

Localização

ANASTÁCIA

Centro de Terapias Alternativas

Varrimento Energético

  • Categoria: Textos
  • Publicado em segunda, 27 julho 2015 09:58
  • Escrito por Sérgio Silveira
  • Visualizações: 6795
Varrimento Bionergético no Reiki
Compreendemos que o movimento da “bioenergia” no corpo humano é funcionalmente idêntico ao movimento do sangue em todos os seres vivos.
 
A função desta terapia é procurar dar equilíbrio ao ser humano, de modo a poder desenvolver o seu potencial de crescimento. Esta terapia é um processo rítmico, subtil de alívio de tensões e de descargas energéticas. O varrimento bioenergético é uma parte de uma antiga tradição oriental, que conhece o profundo valor da ligação entre o corpo e o espírito. As pesquisas científicas atuais tentam compreender essa ligação, e desejam saber como funciona essa interligação. Em caso de stress, a energia é fixada no centro do corpo, e graças aos varrimentos conseguimos obrigar a energia a fluir para a periferia, através da pele, pelas mãos e músculos. Os bloqueios das emoções manifestam-se mais intensamente através de diversos impulsos. É o vir à tona de explosões comprimidas, durante muito tempo, e o varrimento energético é suficiente para a libertação das emoções. A dor comprimida, produz através das somatizações das emoções, e do afeto. São bem conhecidas as manifestações de taquicardia, ansiedades, dores de cabeça, entre tantas outras. Nós acreditamos que as pessoas precisavam primeiro de ser “amaciadas” energeticamente, para depois então passarem a receber os toques mais subtis das mãos experientes de um praticante de Reiki.
 
O desenvolvimento da sensibilidade das mãos e o aprimoramento do varrimento, assim como a qualidade e alcance do olhar, vão interferir diretamente no efeito desta terapia. A aproximação das mãos deve ser sempre com alguma cautela, afastando qualquer passo invasivo e criando as condições de conhecer melhor as mensagens que o corpo do paciente vai manifestando. O processo de harmonização é uma terapia energética, aconselhável a Terapeutas Avançados ou Mestres de Reiki. Para conseguir o efeito desejável, é necessário uma prática permanente e consciente, para que possa regular e estabilizar o equilíbrio no dia-a-dia. 
 
Entretanto, esse varrimento energético só pode ocorrer quando não há nenhuma doença interna grave, impedindo as correntes de energia no corpo humano. Começamos com os procedimentos normais de evocação das energias, do nosso Mestre interior, para o bem supremo da pessoa e que seja para a libertação das ansiedades, etc., e que se dê a recuperação total e uma rápida reabilitação. Passamos então, a concentrar a nossa atenção nas nossas mãos e vamos aproxima-las do corpo da pessoa a ser tratada. Devemos estar com as nossas mãos aproximadamente a 15 cm dos chakras, e sentir se a energia está interrompida, ou não. Ao sentir esse bloqueio, concentramos a nossa atenção no movimento de varrimento circulatório, de forma a promover a descarga, reabilitação e recarga suficientes, do chakra e dos órgãos associados. Daí, as correntes energéticas diminuem ou aumentam de ritmo, de forma a equilibrar as nossas emoções e o nosso corpo.
 

 

 
Comentários   
#2 Sérgio 30-07-2015 17:52
Quando a doença surge no corpo físico, nesses casos está técnica não é a mais eficaz. Estes varrimentos são normalmente feitos quando a doença ainda só está na aura da pessoa (a pessoa sente algo de errado no corpo) mas ainda não à uma doença manifestada. Desta forma o varrimento bioenergético é eficaz a remover a doença antes de atingir o corpo físico..
Citar
#1 Álvaro Costa 30-07-2015 12:02
Um texto interessante do ponto de vista energético, nas sessões de reiki. Gostaria saber a seguinte questão. Se houver uma doença, está técnica funciona? Aguardo resposta.
Citar
Comentar


Morada

Rua do Xisto 150 . Maia . Portugal
Tel: 96576 3788 
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Aqui tem acesso à nossa morada e dados de contacto. Após a sua visita online, aguardamos a sua visita presencial.

Newsletter

Inscreva-se na nossa lista de e-mails e será atualizado com as últimas notícias.

Registar na newsletter