Rua do Xisto nº 150,
4475-509 Nogueira Maia

(351) 913 089 277
geral@centroanastacia.com

16 Conceitos Yorubás

|
Escrito por Okanbi / Omo Aggayú

16 Conceitos Yorubás

 

Os 16 mandamentos que a seguir irão estudar são os conceitos básicos em que se apoia a moral e a ética das nossas práticas. Todo o sacerdote e crente ou praticante, que se considera responsável e maduro, estão no dever de cumprir na totalidade todos as normas que foram estabelecidas por Olofi, nos inícios, para os praticantes da fé Yorubá. 

Peço-vos, que considerem e meditem com a mais absoluta seriedade e disciplina na seguinte leitura. Tudo o que esteja ligado a estes 16 códigos ou conceitos, não se inclui no sagrado mundo místico das nossas práticas, então, quem os incumpra exclui-se a si mesmo da energia protetora destinada para os crentes e iniciados. Cada qual é responsável da sua vida e os resultados que recebe são dos seus próprios atos. 

Como não somos perfeitos, sugerimos que deve continuar a lutar por superar as debilidades e misérias, para que o crescimento conseguido desta luta ajude a encontrar soluções, que, às vezes, não chegam com a prontidão como desejamos. A resposta está em nós próprios. Não deite a culpa aos demais, nem aponte o dedo aos outros comprometendo como culpáveis dos seus próprios erros. A solução sempre estará em cada individualidade.  santeria ou santaria cubana em Portugal

Nunca a deve procurar exteriormente, nem pense que a vida à sua volta é responsável pelas suas quedas. No início dos tempos, Oloddumaré prometeu uma vida longa aos crentes e praticantes da fé Yoruba. Para isso estabeleceu, como promessa para todos que estão perto dele, mas estabeleceu as suas regras para que o seu compromisso fosse um feito invariável. Os 16 maiores sacerdotes Yorubás andavam por Ilé Ifé, pedindo uma vida longa na terra: “ viveremos uma vida tão longa como nos prometeu Oloddumaré"  O oráculo sagrado contestou: "Para viver uma vida em harmonia, paz e com saúde, deverão cumprir os 16 mandamentos Yorubás".  

 

1 - Não digas o que não sabes, nem informes o que desconheces. 

2 - Não faças rituais nem cerimónias dos que não tenhas o conhecimento básico. 

3 - Não desorientes e nem leves por falsos caminhos as pessoas que se aproximam em busca de ajuda. 

4 - Não se deve enganar nenhuma pessoa. Não mintas nem prejudiques a integridade do teu semelhante.   

5 - Não pretendas ser sábio quando ainda não sejas. Disciplina o teu crescimento pessoal.   

6 - Deves ser humilde, libertar-te do egocentrismo e evitar o protagonismo. 

7 - Não tenhas más intenções nem tornes falso com os demais. 

8 - Não rompas as proibições que te tenham ensinado nas regras do teu Itá. Não fales dos segredos da cerimónia reservada unicamente para os iniciados.   

9 - Os instrumentos sagrados devem manter-se limpos. Não deves tocá-los quando tenhas feito sexo ou tenhas algum pensamento indigno de um crente.  

10 - Deves manter a tua casa, ou templo limpo e exemplar. Dá o teu exemplo. 

11 - Deves respeitar sempre os que são mais débeis e tratá-los bem e com muito respeito. 

12 - Deverás respeitar e tratar muito bem aos nossos maiores e anciãos.

13 - Respeita as leis morais. Não cometas infidelidade nem adultério. Não ambiciones a mulher do teu próximo.  

14 - Nunca atraiçoe um amigo, ou, a quem te tenha esticado a mão ou que tenha sido bom contigo no passado e sempre. 

15 - Não fales mais que o devido, evita os falatórios nem reveles os segredos ditos por alguém. 

16 - Respeita integralmente os que tem cargos importantes. O respeito mútuo deverá conservar-se.    

 

Mas quando os maiores (Ogboni) chegaram à terra começaram a fazer tudo ao contrário e então começaram a morrer uns atrás dos outros. Gritaram e acusaram a Orula de assassinato. Orula respondeu-lhes com firmeza: "No sou eu quem vos está a matar. Os Maiores estavam a morrer porque não cumpriram com os 16 mandamentos Yorubá. A habilidade de comportar-se com honra e obedecer aos mandamentos é da responsabilidade de todos".  

Estes 16 mandamentos não se estabeleceram para ser cumpridos unicamente pelos representantes dignitários, (Iniciados) senão para todos os crentes e praticantes da religião Yorubá. O anterior escrito foi considerado a partir de um informativo geral da sociedade Yorubá em Cuba.  

 

Okanbi

Com a bênção dos meus Orichas, Aggayú e Yemanjá.

Para qualquer outra questão sobre este texto, pode-nos escrever para o correio eletrónico e darei mais explicações ou retirarei dúvidas.

 

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Categoria: